Nova pesquisa comprova: maioria rejeita Bolsonaro e quer Lula de volta

23 set: Nova pesquisa comprova: maioria rejeita Bolsonaro e quer Lula de volta

Mais uma pesquisa de opinião confirma o que se sente nas ruas: o brasileiro não suporta mais Jair Bolsonaro. O novo levantamento, feito pelo Ipec, mostra que 53% da população consideram o governo do ex-capitão ruim ou péssimo. É a mesma taxa apurada pelo Datafolha na semana passada.

A rejeição a Bolsonaro só cresce. Em fevereiro, o Ipec apurou que esse índice era de 39% e, em junho, de 49%. Trata-se de um crescimento de 14 pontos percentuais em sete meses. Já os que consideram o governo do atual presidente bom ou ótimo só cai: eram 28% em fevereiro, 24% em junho e, agora, são 22%. Os que acham regular representam 23%, enquanto 1% não soube ou não quis responder.

Quando as pessoas são perguntadas se aprovam ou desaprovam o jeito de Bolsonaro governar, 68% dizem que desaprovam, contra apenas 28% que aprovam (4% não sabem ou não responderam). Se questionados se confiam ou não no atual presidente, o índice dos que dizem não confiar chega a 69%, contra os mesmos 28% que dizem confiar (3% não sabem ou não responderam).

Lula é esperança de dias melhores

Os números comprovam que as mentiras, bravatas e discursos antidemocráticos de Jair Bolsonaro não convencem a grande maioria dos brasileiros, que estão fartos de seu governo e sonham com dias melhores e a volta de Lula. O Ipec também testou dois cenários eleitorais que, mais uma vez, colocam o metalúrgico fundador do Partido dos Trabalhadores disparado na frente.

Se as eleições fossem hoje e os candidatos, aqueles incluídos na análise, Lula poderia vencer já no primeiro turno. O petista aparece com 48% quando seus adversários são Bolsonaro (23%), Ciro Gomes (8%), João Doria (3%) e Luiz Henrique Mandetta (3%). Note que Lula tem 11 pontos a mais que todos os outros nomes somados. No cenário 2, com mais candidatos, Lula recebe 45% dos votos, contra 40% dos demais somados: Bolsonaro (22%), Ciro Gomes (6%), Sergio Moro (5%), José Luiz Datena (3%), Doria (2%), Mandetta (1%), Alessandro Vieira (0%) e Simone Tebet (0%).

Aqueles que mais desejam a volta do ex-presidente são justamente os mais maltratados pela política econômica desumana de Bolsonaro e Paulo Guedes, que, além de permitir a morte de quase 600 mil brasileiros por Covid-19, trouxe de volta a inflação, a fome e o desemprego . Lula é o escolhido por 59% dos brasileiros cuja renda familiar é de até um salário mínimo, 65% dos moradores do Nordeste e 53% dos moradores de municípios com até 50 mil habitantes.

O Ipec foi criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento. O levantamento foi feito de 16 a 20 de setembro e ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios. A margem de erro é de 2 pontos para mais e para menos. O nível de confiança é de 95%.

Agência PT